domingo, 10 de fevereiro de 2013

Taipa


 

A taipa reveste a pele
como o túmulo ao corpo,
 
feito descarnado tapume
que a indigência clama.
 
Se a taipa urde o ânimo
o homem orbita a taipa
 
tosca, no refúgio da choça
que brande e se inflama
 
feito pele cálida e arrefecida,
na solidão de sepulcro ou lama.
 
Raimundo Cândido
 
José Alberto de Souza disse...
Metáfora que reflete fielmente a realidade das populações excluídas
 
 

Um comentário:

  1. Metáfora que reflete fielmente a realidade das populações excluídas.

    ResponderExcluir